Pinça reduz o uso do ultrassom nas cirurgias de catarata.

As mais recentes descobertas e novidades tecnológicas na Oftalmologia serão discutidas durante o 25º Congresso Norte-Nordeste de Oftalmologia que inicia nesta quinta-feira, 28 e segue até o sábado, 30, no SERHS Natal Grand Hotel, localizado no litoral sul da capital potiguar. O evento reunirá entre 800 e 1.000 participantes vindos de todas as regiões do Brasil e conta com uma vasta programação científica, além de apresentações de trabalhos científicos com defesas orais e pôsteres.

Marco Rey, copresidente do Congresso, sintetiza o evento como uma oportunidade para atualização a respeito dos temas ligados a uma das áreas da Medicina que mais evoluíram nos últimos 50 anos e é uma das três especialidades médicas mais procuradas entre os futuros profissionais de saúde. “A tecnologia tem nos favorecido bastante para que as cirurgias e os tratamentos na área da oftalmologia resultem em procedimentos menos invasivos, com possibilidade de recuperação cada vez mais rápida, favorecendo uma melhor qualidade de vida aos pacientes e um resultado muito mais preciso”, reflete Marco Rey, copresidente do Congresso.

Durante o evento, serão discutidos, entre outros assuntos, as novidades em nível mundial no que diz respeito ao tratamento e procedimentos cirúrgicos para doenças como catarata, glaucoma, miopia, olho seco, tumores oculares, estrabismo e descolamento de retina. Também será tratado sobre como as inovações tecnológicas têm sido utilizadas na oftalmologia, os algoritmos para indicação de cirurgias refrativas, a nova era das cirurgias 3D, o que há de novo no transplante de córneas e inteligência artificial em oftalmologia, só para citar alguns exemplos.

Outro grande avanço que merece destaque na área da oftalmologia, de acordo com o outro copresidente do Congresso, Nelson Galvão, são as lentes intraoculares atualmente utilizadas nas cirurgias. “A modernização das lentes nos possibilita realizar procedimentos muito mais eficientes para tratar problemas de visão ocasionados pela catarata que atingem boa parte da população adulta de maior faixa etária e que também é dependente do uso de óculos, inclusive multifocais. Isso representa muito mais qualidade de vida”, analisa.

Relação do Zika Vírus e lesões oculares

Uma das atrações do Congresso será a discussão sobre como a doença Zika, transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, atinge a visão e as formas mais eficientes de tratamento que estão sendo aplicadas. O assunto será debatido na abertura oficial do evento, com a palestra magna cujo tema é “Zika, o que aprendemos: como estamos e quais são os desafios”, que será proferida pela especialista pernambucana Liana Ventura, pioneira nesta pesquisa. A solenidade acontece na quinta-feira, 29, a partir das 18h00.

Em outras palestras previstas na programação do evento, o assunto terá continuidade, com discussões sobre como a Microcefalia, a Chikungunya e a AIDS, entre outras doenças imunodeficientes, podem comprometer a visão e o que é possível fazer para evitar seus danos, seja através de tratamentos ou cirurgias. Para tanto, estão previstas apresentações de casos clínicos frequentes no dia a dia dos consultórios sobre esses e outros assuntos.

Autoridades em Oftalmologia

Entre as autoridades e especialistas na área com presença confirmada no Congresso, além de José Augusto Ottaiano – presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) e David da Rocha Lucena – presidente da Sociedade Norte-Nordeste de Oftalmologia (SNNO), estão Paulo Augusto de Arruda Mello (SP), que vai falar, entre outros temas, sobre o futuro do glaucoma; Frederico Bicalho de Minas Gerais que vai tratar das técnicas mais promissoras em Crosslinking; Jorge Rocha (BA) que vai tratar sobre retina; Marcelo Ventura (PE), que vai falar sobre catarata; além de Célia Regina Nakanami (SP) e Liana Ventura (PE), que vão tratar sobre a Oftalmopediatria.

Outra presença de destaque é Paulo Cesar Silva Fontes (RJ) que será homenageado pela atuação na introdução e divulgação – com outros pioneiros – das técnicas mais modernas da cirurgia da catarata no Brasil, que continuam em evolução. A abertura do evento também contará com a presença de Mayra Pinheiro, à frente da Secretaria da Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde.

Mais informações e inscrições: www.cnno2019.com.br

 

Por Daísa Alves

DEIXE UMA RESPOSTA