Fotos de Janeto Oliveira

O Latrocínio (roubo seguido de morte) foi por volta das 2h30 da madrugada deste sábado, 31/12. Segundo informações, Gilvan Silva tinha saído de uma festa e foi até um restaurante próximo à rodoviária, acompanhado de um amigo. No local havia muitas pessoas e logo que chegaram dois homens em uma moto, um deles anunciou o assalto e já de posse de vários pertences de quem estava no local, o policial entrou em luta corporal com um dos elementos quando o outro se aproximou e disparou um tiro na cabeça do PM, que morreu ainda no local. Do policial foram levadas a arma, a moto e a carteira.

gilvan-silva1

De acordo com a proprietária do restaurante, os elementos aterrorizaram o local ameaçando todos que estavam no restaurante, ela a firma ainda que não viu nada, no momento do assalto ela correu para atrás da casa com medo de morrer, só ouviu o disparo da arma.

Gilvan Silva Alves tinha 44 anos de idade, era casado e pai de duas filhas, estava na Polícia Militar desde de 1993, fazia parte do GOE, Grupo de Operações Especiais.

Segundo o comandante do 4º Batalhão, Ten. Cel Juarez Medeiros, a polícia já prendeu um dos bandidos e estão à procuro do segundo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA