Foto: Emanuel Lemos

O presidente da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED) Sebastião Anchieta, em visita à AGROBALSAS, fez esclarecimentos sobre as mudanças do calendário de vacinação contra a febre aftosa no estado e sobre o concurso público que disponibilizará 100 vagas no órgão.

I e II etapa da campanha de vacinação 2017

A I Etapa da Campanha de Vacinação contra a febre aftosa 2017 no início do mês de maio e este ano traz uma diferença no calendário. Nesta primeira etapa será vacinado todo o rebanho e na segunda etapa, em novembro, serão vacinados apenas os animais de até 24 meses. Com essa mudança do calendário de vacinação haverá uma economia de 10 milhões de reais para os criadores do Maranhão.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) anunciou que vai retirar gradualmente a vacina contra a febre aftosa até 2023, cuja retirada começará em 2019 com os estados do Acre e Rondônia. O Maranhão deixará de vacinar contra aftosa a partir de 2020, enquanto isso devemos nos preparar, disse o presidente. Para ele, é muito importante que agora os criadores vacinem todos os seus animais nessa primeira etapa para que possam reforçar cada vez mais a imunidade dos rebanhos e em 2020 estarem livres da febre aftosa e sem vacinação.

Quanto à fiscalização da AGED no processo de transição, o presidente afirmou que esse é um programa do MAPA que dará todas as condições para os órgãos de defesas agropecuárias dos estados, para que se faça uma vigilância e fiscalização eficiente. Isso já foi discutido em reunião em Brasília com todos os serviços veterinários dos estados do Brasil e está sendo feito um planejamento que será apresentado no congresso nacional; também para os governadores e órgãos de defesa agropecuária. AGED está preparada para exercer essa vigilância. Completou o presidente.

CONCURSO

Quanto ao concurso, a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão tem expectativa de divulgar a abertura de concurso público (Concurso AGED MA) no segundo semestre deste ano. A confirmação veio através do diretor de recursos humanos do órgão, Raimundo Assunção Amaral.

De acordo com Raimundo, o processo do certame já está tramitando na Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep/MA), pasta que ficará encarregada pelo processo de escolher a banca organizadora. Uma empresa já estava praticamente escolhida, a Fundação Sousândrade, mas ainda depende do aval da Secretaria Estadual de Planejamento e Orçamento (Seplan).

O concurso Aged/MA deve contar com oportunidades para técnico em fiscalização, fiscal agropecuário, assistente de fiscalização, auxiliar de fiscalização, advogado, contador, jornalista e profissional de tecnologia da informação. A oferta total deverá ser de 173 vagas. Os salários devem chegar a até R$ 4.400,00. Além disso, os aprovados teriam direito a vale-alimentação e adicional de insalubridade. Porém, não há informações de que esse valor ainda seja mantido.

Último Concurso AGED MA 2017

Realizado em 2005, o último concurso Aged/MA contou com 380 vagas para os cargos de níveis médio, técnico e superior. Sob coordenação da Fundação Carlos Chagas (FCC), o edital exigiu dos candidatos os conhecimentos de Língua Portuguesa, noções de Informática e conhecimentos específicos, entre outros conteúdos. Além disso, houve avaliação de títulos, sendo este exclusivo para candidatos de nível superior.

 

DEIXE UMA RESPOSTA