Agora é uma realidade! Começaram as aulas do Mestrado e Doutorado em Ciências da Educação.

A aula inaugural aconteceu dia 11/03 e foi ministrada pelo Doutor em Educação, José Carlos Morgado, do Instituto de Educação da Universidade do Minho – Portugal.
A primeira turma de Minter/Dinter da Faculdade de Balsas tem 30 estudantes entre mestrandos e doutorandos.

A doutoranda Camila Sousa, destacou a realização do sonho representada pela oportunidade de estudo no Minter/Dinter:
“‘É pelo sonho que vamos’. É com esta frase do poeta português, Sebastião da Gama, utilizada nesta aula inaugural, que começo a definir, o que este momento representa. Esta parceria entre a Unibalsas e a Unijuí carrega em si grandes sonhos e almeja, sem dúvida, muitos frutos que possam ser colhidos não apenas em perspectiva individual, mas que possa ser percebida pela mudança que se quer e espera em toda uma sociedade. Mergulhar neste universo de incertezas e de dúvidas significa estar aberto a construir-se e reconstruir-se, buscando encontrar “o melhor de mim”, para poder então ser o melhor com os outros sujeitos com quem me relaciono na constante construção da educação.  Este é um marco na história das universidades e também na nossa, estudantes envolvidos nesse processo. É com muito orgulho, brilho nos olhos e responsabilidade no coração que hoje sou doutoranda na primeira turma de Dinter, da Unibalsas/Unijuí.
‘É pelo sonho que vamos!
Chegamos? Não chegamos?
Partimos. Vamos. Somos’.”
(Sebastião da Gama)

O primeiro módulo do programa Minter e Dinter: Mestrado Interinstitucional e Doutorado Interinstitucional, respectivamente, vai durar até a sexta-feira(15.03), com aulas e Seminário Temático.

Essa novidade é uma parceria com a UNIJUÍ – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, pensada para promover a constante capacitação do quadro docente da Faculdade, bem como da população regional.

“Esta primeira turma de MINTER/DINTER oferecida pela UNIBALSAS, em parceria com a UNIJUÍ, representa um importante passo para região, uma vez que estará formando mestres e doutores com raízes locais e com o desejo de permanecerem atuando na região”. Concluiu o prof. Fábio Pillatt, coordenador do Núcleo de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão – NPPGE da Faculdade de Balsas.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA