Neste domingo, 21/04, a Igreja Católica de Balsas revigorou a religiosidade de 31 pessoas crismadas (sacramento em que se ratifica a graça do batismo; sacramento da confirmação), depois de 02 anos de estudos e de participações bíblicas. Entre elas, pessoas que já cumpriram o batismo, a primeira eucaristia mas que ainda faltavam cumprir a crisma. Também pessoas que não cumpriram o sacramento do matrimônio mas estão juntas e formaram famílias (10 casais), puderam ser crismadas.

Ana Alice de Araújo Scherer, 25, solteira, disse que seu “interesse em fazer esta confirmação é para concluir os três sacramentos”.  Também Dariele Sá Franco, 34, casada e mãe de dois filhos, disse à reportagem da Folha do Cerrado que resolveu fazer a crisma “porque é um chamado de Deus”. Daniele disse também que viu esta oportunidade de ser crismada, já que na adolescência não pode fazer, “e sempre meu coração pedia. Hoje estou aqui, depois de 2 anos e meio de caminhada e muito feliz”.

Darlene dos Santos Sá, 45, ainda não crismada, convidada a ser madrinha do crismado Diogo, 32, falou que o fato de ser madrinha revela muita confiança “na sua vontade de ser mais participativo na igreja e ficar mais próximo de Jesus”.

Ao lado do pai e padrinho, Isabella é a mais jovem crismada.

Irineu Lopes, 54, é pai e padrinho da crismada Isabella Ferro de Paz, 14, aceitou ajudá-la a seguir o caminho de Deus. “Isso aí é iniciação da vida cristã. Faz parte. A crisma é essencial!”. Afirmou Irineu.

A mais jovem crismada desta turma de 2019 disse que foi influenciada “pela igreja. Nela vi nova vida, vi Jesus”. E mencionou que “a iniciação evangélica faz muita diferença em minha vida. A participação em grupos me mostrou caminhos diferentes mas sempre para o bem”.

Pe. Nadir crisma José Alberto, o de mais idade no grupo de 31 pessoas.

O mais experiente de todos, José Alberto dos Santos, 55, disse que a idade não importa nestas ocasiões. Para ele, “é muito importante, em qualquer idade, porque o que é Crisma? A crisma é uma confirmação de Jesus Cristo para que a gente leve uma vida em santidade, para que se consiga o favor de Deus, que é salvação eterna. E isso não tem idade. O que importa para Jesus Cristo é nascer de novo e seguir os seus passos como todos os apóstolos o seguiram”. Reitera José Alberto.

O celebrante do segundo sacramento do batismo, Pe. Nadir, falou que a mistura de variadas idades não influencia, “pessoas adultas, já pais e mães, são celebradas no sacramento da maturidade na fé, então desejamos que de fato todos os que assumem esse sacramento possam vivenciar, testemunhar é o significado desse sacramento”.

Pe. Nadir comentou ainda, que “os crismados são convidados a serem testemunhas do Senhor ressuscitado e poder testemunhar na sua vida pessoal, em família, na comunidade, na sociedade, os sinais nas ações que melhor correspondem, aquilo que de fato os filhos e filhas de Deus deveriam realizar como seguidores de Jesus, testemunhas da sua presença, da sua ação contínua no mundo”.

Coordenadoras do grupo de crisma.

Para uma das coordenadoras do grupo de crisma, Socorro Martins, “não adianta estar aqui no altar se eu não tenho uma contrição com o ser humano, se eu não sinto a dor do outro. Então, hoje nós estamos prestes a ter a metade da população com depressão. Então, o que é depressão? É algo que ninguém explica porquê, mas se você é uma pessoa contrita com Deus, Deus te ajuda a restaurar essa situação, seja ela qual for”.

DEIXE UMA RESPOSTA