A Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE/MA) e a  Secretaria Estadual de Desportos e Lazer (SEDEL) lançam, neste sábado, 13, durante o jogo entre Imperatriz e Moto Club, no Estádio Castelão, em São Luís, o projeto “Torcedor mirim”, de incentivo ao esporte para crianças e adolescentes de comunidades carentes.
O projeto é voltado ao estímulo de práticas esportivas em bairros de grande adensamento populacional, carentes de políticas públicas e infraestrutura, fortalecendo o compromisso da Defensoria Pública em contribuir para a transformação social.
Além de levar crianças e adolescentes às competições esportivas do estado também serão realizadas atividades como a promoção de aulas de diversos esportes em comunidades carentes e a articulação para garantir a construção de equipamentos públicos nas comunidades.
A primeira atividade acontece neste sábado, quando a Defensoria Pública e a Sedel levarão 40 crianças para assistir ao jogo de volta da final do Campeonato Maranhense, entre Imperatriz e Moto. As crianças fazem parte de uma escolinha de futebol que utiliza as instalações da Praça dos Esportes e da Cultura, na Praça do Coroado, para treinar. Há uma semana, a DPE e a Sedel realizaram uma vistoria nas obras da referida praça e da quadra poliesportiva, que se encontra inacabada e vem sendo utilizada pela comunidade mesmo de forma precária.
Durante a vistoria, o defensor público-geral do Estado, Alberto Pessoa Bastos, identificou algumas necessidades em diálogo com o treinador da escolinha e a importância de iniciativas na área. “O esporte é uma relevante ferramenta para o processo de inclusão social. E nós entendemos que a Defensoria, enquanto instituição a qual cabe a promoção dos direitos humanos, deve ajudar na melhoria de qualidade de vida da população também atuando em ações como essa. Neste caso, difundindo a paixão pelo esporte, contribuindo para o desenvolvimento de cada criança”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA