Junior Marreca foi o único parlamentar do estado que não compareceu à sessão que resultou na cassação do ex-presidente da Câmara

O deputado Junior Marreca (PEN) foi o único parlamentar maranhense que não compareceu à sessão desta segunda­-feira, 12/09 que resultou na cassação do ex­presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB).

O jornal Estado entrou em contato com o gabinete do deputado, em Brasília, que afirmou que o parlamentar faltou à sessão de cassação por causa de um resfriado. O gabinete, porém, disse que ainda não havia formalizado o atestado médico e que tem até um mês para fazer isso.

No site da Câmara dos Deputados, a lista de frequência do deputado mostra que ele não comparece às sessões desde o dia 10 de agosto, justificada para um tratamento de saúde, assim como no dia 22 do mesmo mês. A partir do dia 29 as ausências não foram justificadas, de acordo com a página.

Bancada maranhense

A maioria da bancada maranhense, composta por 18 deputados, votou pela cassação de Eduardo Cunha. Apenas Alberto Filho (PMDB) preferiu se abster da votação. A votação foi encerrada com 450 votos a favor da cassação e apenas 10 contra. Assim como Junior Marreca, outros 41 deputados não compareceram à sessão.

Com o resultado, Cunha fica inelegível até 2026. Ele é o sétimo deputado a ter o mandato cassado desde a criação do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, em 2001. A votação ocorreu dez meses depois do início do processo ao qual Cunha respondeu.

Fonte: O Estado.com

DEIXE UMA RESPOSTA