Representantes da prefeitura de Balsas/MA convocam a imprensa local para tirar dúvidas sobre a data de entrega da nova rodoviária.

No mês de março passado a Ordem de Serviço para a largada na reforma da velha rodoviária de Balsas completou um ano, mas pelo que tudo indica, não foi a data prometida para a entrega da nova, já que ainda faltam alguns detalhes para a sua conclusão.

Organizada pela Secretária de Comunicação srª Edelice Borges e pelo Secretário de Finanças sr. Luis Pedro Silva, a coletiva aconteceu no gabinete do prefeito com um grupo formado pelo vice-prefeito Celso Henrique, o secretário de Infraestrutura Alfredo Costa, o arquiteto da Ircon Roger Dalagnol e assessores relacionados, que falaram sobre o andamento da obra.

O vice-prefeito comentou que a empresa Ircon só deu início à reforma após o dinheiro entrar na conta da empresa, mesmo que a prefeitura venha somente depositando conforme os trabalhos da construtora, porém as chuvas têm atrapalhado em parte, “mesmo porque é preciso chover, para nossa agricultura andar para a frente e isso se contorna com o tempo”. Afirmou Celso Henrique. Preocupados com o término da obra Celso comenta que toda semana há reunião certificarem-se da conclusão da obra. Para ele, o novo prazo dado à construtora deverá ser até maio deste ano.

Perguntado sobre a formalização da licitação da obra, que no início teria sido como reforma com orçamento de R$ 1.7 milhão, mas com o passar do tempo constatou-se que seria uma construção, portanto, indo para R$ 2.3 milhões, já que o prédio antigo não daria sustentação para a nova rodoviária, Celso Henrique explicou que “a licitação de verba foi para reforma e ampliação. Claro, que a partir do momento em que a gente começou a fazer a obra algumas coisas você não tem como detectar antes, ao longa da obra você vai detectando. Então, esses são alguns problemas que tiveram ao longo da obra mas todos solucionados”.

Alfredo Costa elogiou os trabalhos da prefeitura no esforço de atrair o contribuinte a ficar em dia com todos os impostos e taxas municipais (ISS, ICMS…), para que obras desse porte fossem construídos com dinheiro próprio da prefeitura de Balsas.

Roger Dall’Agnol, Arquiteto da empresa Ircon, premiada na licitação para a reforma da rodoviária de Balsas disse que “também, um dos problemas que provocou o atraso na entrega da obra, foi na entrega do telhado comprado fora do município”. Mas para quem já tem visto os mais modernos telhados de construções de zinco com alumínio ou zinco com isopor, a Ircon ainda buscou telhado de fibrocimento.

Alfredo concluiu a entrevista dizendo que o prefeito Dr. Erik Silva “não vai mais liberar novos aditivos caso a construtora venha solicitar e nem vai admitir atraso além do que já suportou, portanto o prazo combinado (para maio) deverá ser cumprido, quando teremos a inauguração desta grande obra, que virá a ser o cartão postal de Balsas”. Enfatizou Alfredo.

DEIXE UMA RESPOSTA