Um grupo de representantes de pacientes de hemodiálise, acompanhado pela Vereadora Fransuíla Farias, esteve na manhã desta segunda-feira, 17/06, na Secretaria Municipal de Saúde de Balsas, em reunião com o Secretário Municipal de Saúde Dr. Luis Flávio, em busca de resposta sobre a implantação do Centro de Hemodiálise prometida pelo Secretário de Saúde de Estado, Dr. Carlos Lula. A construção do Centro de Hemodiálise em Balsas é um desejo da população há anos e foi ressaltada no governo atual de Flávio Dino juntamente com a gestão do prefeito médico Dr. Erik Augusto Silva.

O Secretário Dr. Luis Flávio disse que esteve com Carlos Lula recentemente e que foi comunicado que as obras terão início no mês de julho. Para ele, “como as obras são de adaptação, em torno de 60 dias elas estejam funcionando”. Luis Flávio afirmou que entende as dificuldades do governo, com a demora, mas ao mesmo tempo entende a impaciência das famílias “porque estão no sufoco, estão vivendo situação de desespero e que mesmo assim tem que ficar do lado dessas família. Temos que levar isso ao governador, para o Secretário, para que seja resolvido o mais breve possível”.

As obras com 10 cadeiras de hemodiálise serão construídas nas dependências do Hospital Regional, cuja administração será também por conta do Instituto Acqua – empresa que administra o hospital.

Adelina Alencar Fialho, que responde por dona Luíza Alencar, paciente que se desloca todo mês para tratamento em Imperatriz para fazer 12 tratamentos de filtragem, achou positiva a reunião “porque ouvi da boca do Secretário dizer que no próximo mês irá começar as obras”. Adelina disse prometer ao Secretário que até 30 de julho “se não tiver nada feito, nós – o grupo – vamos acionar o Ministério Público. Nós precisamos de uma resposta certa!”. Desabafou Adelina.

De pé, seu Francisco mostrou-se exausto, como a maioria dos que estavam presentes. Seu Francisco disse que não aguenta mais tanto adiamento. “Não é justo que o Secretário Carlos Lula não tenha uma resposta concreto para nós. A gente sofre junto nessas viagens e nas esperas nas filas, em Teresina ou em Imperatriz”. Ao que o Secretário municipal concordou, já que também passou pela situação, com familiares, conforme ressaltou.

Maria Aparecida e seu esposo Pietro, quando da última reunião com Secretário Carlos Lula, antes de seu falecimento.

Maria Aparecida, esposa de Pietro Cigarini, recentemente vítima de transplante de rins, que não resistiu à implantação pelos transtornos causados durante o tempo de hemodiálise afirma Aparecida, que diz conhecer profundamente “o grande sofrimento que passam os pacientes que precisam desse tratamento para sobreviver, que inclusive é chamado de ‘sobrevida'”. Aparecida também afirma que, mesmo tendo perdido seu marido nesta luta, “não vou desanimar nem desistir de lutar pelos outros. É uma causa de todos. Todos podemos ter um paciente em casa”.

Em visita a Balsas, em agosto de 2018, o Secretário de Estado participou de uma das audiências, realizada no Sebrae e falou: “A dor que vocês sentem, eu sinto. Por isso é que o Estado vai abrir o serviço de hemodiálise no Hospital Regional de Balsas, a partir de 17 de janeiro 2019”.

A Vereadora Fransuíla Farias, que acompanha o caso junto ao grupo, motivadora das esperanças dos pacientes, disse acreditar na “instalação da clínica de hemodiálise e também na garra do prefeito Dr. Erik e do Secretário Luis Flávio para que o governo estadual concretize esta esperança desse povo e poderem amenizar a dor desta famílias”. Para a Vereadora, “só nos resta acreditar, pois muitos passo importantes foram dados e em julho as coisas vão estar acontecendo”.

Ao final da reunião, o Secretário Luis Flávio gravou um vídeo diante dos grupo, onde reforçou o apelo ao Secretário Carlos Lula, cuja mensagem foi transmitida diretamente ao secretário.

O QUE É HEMODIÁLISE

Hemodiálise é um procedimento através do qual uma máquina limpa e filtra o sangue, ou seja, faz parte do trabalho que o rim doente não pode fazer. O procedimento libera o corpo dos resíduos prejudiciais à saúde, como o excesso de sal e de líquidos.

 

Foto de Emanuel Lemos.

No dia 04 de julho de 2018, cerca de 20 famílias, que tem membros pacientes de hemodiálise, procuraram a Câmara de Vereadores de Balsas e solicitaram aos parlamentares que pedissem ao governador Flávio Dino a implantação de um Centro de Hemodiálise em Balsas.

 

Foto: Folha do Cerrado.

No dia 13 de setembro de 2018, Carlos Lula se reúne com pacientes de hemodiálise, público, vereadores e médicos, onde confirma a instalação em Balsas, para janeiro de 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA