Após 15 anos de construção o Centro de Guadalupe ganha roupa nova.

O Centro de Formação Nossa Senhora de Guadalupe de Balsas foi reinaugurado depois de passar por uma reforma de 06 meses, após longos anos sob ameaças de cupim, deterioração dos cobogós e estrutura, quase abandono e muitas vezes esconderijo para malfeitores, por se localizar às margens do rio Balsas e com uma longa e escura entrada até sua porta principal.

O bispo Dom Enemésio Ângelo Lazzaris ressaltou, durante a acolhida dos convidados, que foram gastos R$ 650.000,00 vindos da CEI – Conferência Episcopal Italiana e muito bem aproveitados para a reconstrução da obra, que ao final deu cara nova ao Centro. Além disso, dom Enemésio anunciou que outros R$ 250.000,00 também recebidos da Itália foram gastos com a migração da rádio Boa Notícia de AM para FM, que este ano mesmo deverá ir ao ar. O bispo agradeceu também a equipe de engenheiros da empresa Arena Construtora, que acompanhou toda a obra e também do apoio de Iracema Gomes Feitosa, da Casa do Fazendeiro. O bispo também cobrou da prefeitura de Balsas, na presença do vice-prefeito e secretário de Infraestrutura Celso Henrique o asfaltamento da entrada, na rua Isaac Martins, até a porta do Centro.

Pe. José Alberto, pároco da Diocese de Balsas que celebrou o momento de orações, informou que o Centro Nossa Senhora de Guadalupe, além de centro de formação para comunidades religiosas também será um Centro de acolhimento para casamentos, aniversários entre outros eventos, devido sua boa comodidade e localidade, que dá ares de paz interior, próprio até mesmo para retiros.

Pe. Jorge Birk, diretor do Centro, disse que muitas dificuldades tem enfrentado desde a intenção de reformar o Centro, “mas é muito importante, porque ele tem formado muitas pessoas e tornado muita gente a serviço da justiça e da paz.”  Pe. Jorge disse ainda “a função do Centro continuará a mesma, mas que também será alugado para eventos para poder manter, pois pelo fato de ser uma estrutura muito grande e possuir muito conforto, precisa de uma forma de adquirir receita que venha suprir esta manutenção”.

Ala dos 27 quartos para hóspedes.

Com 03 salões (Dom Rino Carlesi, Dom Franco Masserdotti e Dom Diogo Parode), 27 quartos, grande refeitório, cozinha, dispensa, área de serviços, capela e vasta área verde de convivência, o Centro de Formação Nossa Senhora de Guadalupe pode ser também o centro de outros eventos como encontros ou reuniões empresariais, apresentações artísticas, audiências públicas, convenções diversas, inclusive intermunicipais por Balsas ser o polo do sul do estado, entre outras intenções religiosas e particulares.

VEJA MAIS FOTOS:

Equipe de engenheiros e proprietários da Arena Construtora
Amplo refeitório do Centro de Guadalupe.

DEIXE UMA RESPOSTA