A 10ª sessão ordinária, da Câmara Municipal de Balsas, deste ano, aconteceu nesta segunda-feira, 15, e teve como principal ponto relevante a aprovação unânime do Projeto de Lei de nº 004, de 02/04/2019, outorgado pelo prefeito dr. Erik Augusto, que tem como objetivo dar nome ao Mercado Municipal, em homenagem ao empresário balsense falecido em 27 de outubro de 2005, José Eduardo Carvalho Feitosa, mais conhecido como Eduardo Fazendeiro.

Durante a sessão a família do homenageado esteve presente, transmitiu mensagens ao público e falou a respeito de mencionarem o empresário para o nome do mercado.

O vereador Izânio Carvalho disse que não é o fato de ser primo de Eduardo, mas que achou uma homenagem justa, já que ele “além de ser um bom balsense, fez sua vida inteira em Balsas e constituiu sua família, além disso, sempre que podia irradiava seu amor pela cidade, mas também foi um empresário que contribuiu muito. É merecido!”. Concluiu.

Eduardo Júnior subiu ao púlpito e falou da vida prodígia e humana do pai, que por muito tempo valorizou a família os amigos e funcionários de suas empresas, mas “que deixou o seu legado no município além de grandes exemplos de trabalho e dedicação, tanto aos funcionários e a quem o conhecia ou tinha convivência com ele.” Emocionado, Eduardo falou que seu pai “era uma pessoa que todos gostavam e confiavam nas suas palavras. Era muito carismático e respeitado por todos”.

Braulino Feitosa, irmão de Eduardo, sentado ao lado da mãe, dona Joana, disse “estar muito feliz com a homenagem, porque seu irmão é merecedor desta postagem no Mercado Municipal já que ele foi uma pessoa muito querida por todos os balsenses”.

O presidente da Câmara, vereador Moisés Coelho, acentuou a sessão como muito honrosa e “nada melhor do que uma lembrança tão grande pela importância que tem Eduardo e sua família para Balsas, pela simpatia, pelos trabalhos contribuídos para o progresso do município, agora nas mãos dos filhos do Eduardo Fazendeiro, que terá seu nome na entrada de um dos lugares mais populares de Balsas, assim como ele também o foi”.

O prédio do Mercado Municipal será demolido e construído outro novo mercado, com amplo estacionamento e organização dos quiósques e das barracas, para dar melhor comodidade no ambiente.

DEIXE UMA RESPOSTA