A eleição para a escolha dos Conselheiros Tutelares por todo o país aconteceu neste domingo, com todos os colégios eleitorais lotados.

Em Balsas/MA, a eleição ocorreu sem transtornos e 3.780 eleitores se deslocaram de casa rumo ao colégio eleitoral, no Colégio Marista (Pio X), com a mesma avidez com que votam nas eleições para prefeito ou presidente da república, para a escolha de 05 profissionais entre os 17 candidatos, em urnas eletrônicas cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Os Conselheiros eleitos deverão ter carga horária de 41 horas/semanais e faixa salarial do Conselheiro Tutelar CBO 5153-20* entre R$ 998,00 (média do piso salarial 2019 de acordos, convenções e dissídios), R$ 1.300,00 (salário mediana da pesquisa) e o teto salarial de R$ 2.383,99, levando em conta profissionais com carteira assinada em regime CLT.

Até mesmo o prefeito de Balsas, Dr. Erik Augusto Silva (camisa azul) e o vice-prefeito Celso Henrique, juntamente com professores e produtores rurais e pessoas de diversos segmentos, não dispensaram o direito patriótico de escolher aqueles em quem depositar seu voto de confiança para cuidar e orientar os adolescentes e crianças ou familiares, quando mais precisarem, no município. Admirados, 99% disseram ter votado pela primeira vez para um conselheiro tutelar. Também, é curioso que muitos candidatos receberam apoio de vereadores e candidatos que não ganharam as eleições municipais porém viraram cabo eleitorais, já pensando nas próximas, de 2020.

Conheça os candidatos eleitos (primeiros 5 em amarelo) e quantos votos cada um recebeu:

*CBO 5153-20 – esta sigla quer dizer que tal ocupação visa garantir a atenção, defesa e proteção a crianças e adolescentes em situações de risco pessoal e social. Os Conselheiros Tutelares são, em outros termos, agentes que procuram assegurar os direitos da criança e do adolescente, abordando-ossensibilizando-osidentificando suas necessidades e demandas e desenvolvendo atividades e tratamento.

DEIXE UMA RESPOSTA