Treinar com grandes atletas é sempre inspirador e de grande impacto para melhorar a performance técnica de todo atleta. E quando o atleta é um verdadeiro herói paraolímpico, o encontro é ainda mais especial e inspirador.

E foi isso que aconteceu essa semana em São Paulo, na sede do projeto Futuro – um avançado centro de treinamento de elite para atletas de judô. Por lá estava o premiado judoca maranhense Pedro Victor Rezende; que foi privilegiado por poder ter contato e trocar experiências com o judoca paraolímpico Antônio Tenório da Silva, o primeiro brasileiro a conquistar um ouro em uma paraolimpíada no judô.

Disputando a Rio 2016 no Judô para Deficientes Visuais Tenório conquistou uma medalha de prata, a sexta medalha olímpica de sua coleção, agora composta por 4 ouros (Atlanta, Sidney, Atenas e Pequim) 1 prata (Rio) e 1 bronze (Londres). Prestes a completar 46 anos de idade, o atleta paraolímpico já tem nova meta, que é disputar o Mundial de 2018.

O jovem judoca maranhense Pedro Victor Rezende, treina duro para conquistar uma vaga na próxima olimpíada de Tóquio em 2020; e conta com o relevante patrocínio do Grupo Mateus e Governo do MA, via Lei estadual de Incentivo ao esporte, através da qual, tem a oportunidade de frenquentar centros de treinamentos avançados como o projeto Futuro (SP) e disputar diversas provas no país ao longo do ano, sempre com vitórias. E para ele o encontro com seu herói paraolímpico foi marcante:

“O exemplo de garra, dedicação e superação de Antônio Tenório são inspiradores. Ter conversado com ele foi uma aula inesquecível e de alto nível motivacional. Vou levar comigo o exemplo dele e perseguir o meu sonho, que é representar o Maranhão e o Brasil na próxima olimpíada. Agradeço a Deus, meu mestre o sensei Emílio Moreira e aos meus patrocinadores, Grupo Mateus e Governo do MA, sem os quais esse encontro inspirador não teria acontecido”, disse emocionado o judoca Pedro Rezende.

Fonte: Maranhão Esportes

DEIXE UMA RESPOSTA