Veja todos os vídeos na matéria.

A manhã desta terça-feira, 04/10, foi de muita agitação no plenário da Câmara de Vereadores de Balsas/MA, quando em uma sessão ordinária abriu-se entre as pautas do dia, a discussão e votação da proposta de aumento de salário dos próprio parlamentares e seus assessores.

Com lotação completa, entre empresários, professores, alunos e profissionais liberais como advogados dentre outras categorias, chegou a exaltação quando o presidente da câmara Tião Saraiva disse que outras pautas seriam abertas antes da questão salarial, o que fez com que os presentes se levantassem e exigissem que o tema proposto fosse o primeiro  a ser analisado, já que muitos que ali se encontravam foram justamente para defender a anulação da proposta de aumento.

Depois de muitas discussões entre parlamentares e populares, eleitores com a situação que se encontra o município depois de 04 anos de mandato do prefeito Luis Rocha Fº, com IPTU nas alturas e infraestrutura zero.

Muitos puderam comparar seu dia a dia nos empregos e trabalhos, sem aumento de salário ou muito pouco, comparando os valores entre professores e outras profissões com dos vereadores.

Os manifestantes criaram grupos, entre eles o Movimento contra aumento de salário dos Vereadores.

Na próxima sessão, marcada para segunda-feira, dia 10/10, os manifestantes pediram que um projeto seja elaborado e levado à análise, discussão e aprovação, cujo valor deverá ser a metade do salario atual, em torno de R$ 8.000,00 que, se aprovado será de R$ 4.000,00, para o ano letivo de 2017.

 

VEJA VÍDEOS DA SESSÃO DE HOJE:

DEIXE UMA RESPOSTA