Com a intenção de fazer uma boa gestão com os recursos existentes em caixa, o prefeito de Balsas, dr. Erik Augusto Silva convocou todo o secretariado para discutir, planejar e “dar o ponta pé inicial em todas as áreas, pondo em prática todas as ações de cada Secretaria, mais especificamente o SAAE, Infraestrutura, Saúde e Educação, para o bom andamento da gestão municipal”.

A 3ª reunião do ano, com os secretários municipais, aconteceu no prédio do IPTU (coração da economia do município), nesta segunda-feira, 07/01 e segundo o gestor, há uma preocupação intermitente com o desenvolvimento continuado que vem cristalizando os olhos da população.

“O ano de 2019 infelizmente é um ano de crise, a nível nacional e município de Balsas por decorrência de problemas anteriores na sua economia, teve uma perda de receita para esse ano de 2019. Então, esse planejamento foi especialmente para podermos cortar gastos e fazermos economia para que a população não seja prejudicada por falta de investimentos”. Disse o prefeito, na coletiva, logo após a reunião.

A ordem que partiu do prefeito é que todas as secretarias trabalhem em sintonia com os planejamentos, para que evitem gastos excessivos ou fora do projetado. O prefeito pediu a todas as secretarias para que “os programas de asfaltamento da nossa cidade, as melhorias na Saúde, as melhorias na Educação, as melhorias na distribuição de água e Assistência Social continue ao longo de todo o ano de 2019”.

Para ele, a reunião foi muito boa e os secretários muito compreensíveis com as mudanças que precisam ser feitas “e eu tenho certeza que o ano de 2019 será mais um grande ano na nossa gestão à frente da prefeitura de Balsas”. Disse também que prioridades não serão dadas para uma única pasta, mas são baseadas em pesquisas. “O que é que o povo de Balsas continua pedindo?” Mas citou algumas como em primeiro lugar saúde. E disse que “já tivemos grandes avanços e vamos continuar avançando, segundo lugar a infraestrutura, sobretudo pavimentação asfáltica e já fizemos muito na primeira metade do nosso governo. Vamos continuar avançando. Terceiro, água. Distribuição de água. Estamos com vários projetos, inclusive um poço sendo realizado no bairro São Francisco e novas ações continuarão, porque nós estamos fazendo planejamento e as ações sociais também continuaram ao longo do nosso mandato com atendimento àquelas pessoas mais carentes, mais vulneráveis na sociedade”. Para ele “não existe uma prioridade para uma secretaria única, mas existe uma prioridade baseado em pesquisa com a população”. Conclui.

A secretária interina da Saúde, drª Érina Alencar, disse que, entre as prioridades para o ano letivo estão a continuidade das reformas no HBU – Hospital Balsas Urgente, da qualidade no atendimento na UPA – Unidade de Pronto Atendimento e continuidade do pagamento, em dia, dos servidores da Saúde. Sobre a marcação de consulta, a secretária afirmou que continua sendo da forma atual (via telefônica), mas prometeu que futuramente deverá ser marcada nos próprios postos de cada bairro via internet.

O secretário de Infraestrutura, Alfredo Costa, afirmou que a via pública continuará tendo o mesmo atendimento dos anos anteriores, com asfaltamento e que neste início de ano, também estará contratando empresa para fazer o serviço de “tapa buracos”. Alfredo Costa citou uma das mais importantes aclamações da população que é a recuperação de prédios públicos, como aconteceu com o colégio Elis Alfredo Kury, neste ano que passou. Para ele, o grande destaque é dado à conclusão da rodoviária, e início da reforma do Mercado Público Municipal, no centro da cidade. Em relação à iluminação pública, Alfredo ressalta que uma nova licitação de empresa para a manutenção da iluminação está sendo planejada para este ano e que a partir de 12 de janeiro já estará em ação a troca de lâmpadas queimadas, nos bairros e centro.

Em relação à requisição de transporte público, Alfredo afirmou que as audiências públicas permanecem e que as vias públicas estão contemplando os trechos de maior número de moradores como o trajeto das 05 linhas, para a implementação desse transporte coletivo.

A secretaria do Meio Ambiente afirmou que dará continuidade ao projeto Cidade Arborizada, construção de banheiros masculino e feminino e bebedouros no Parque Centenário e buscar posicionar melhor atuação sobre o código de postura, diante da proteção do rio Balsas.

Para tirar a dúvida de muitos, que acreditam que a gestão atual venha trabalhando somente com recursos do estado e do governo federal, o prefeito constatou que “a grande diferença que aconteceu na nossa gestão foi justamente o contrário, a gente não trabalhou apenas com o recurso do governo do Estado. Se fizéssemos isso a mudança não teria chegado como chegou. A mudança chegou por quê? Porque é o que eu sempre falo: conseguimos unir os três Poderes. Não adianta a prefeitura trabalhar se o estado não trabalhar, não adianta o estado trabalhar se o governo federal não trabalhar. Nós fizemos nosso mandato até aqui somando esforços, somando ações da Prefeitura Municipal de Balsas, com recurso próprio, fizemos asfalto, fizemos melhorias na saúde, fizemos perfuração de poços profundos, fizemos a limpeza da cidade adequadamente. Governo do Estado, governo Flávio Dino nos ajudando com a construção do Parque Centenário, ajudando com asfalto. É o que eu sempre falo, a prefeitura fazendo asfalto com recurso próprio como vem fazendo, o governo do estado fazendo recurso do estado e o governo federal ajudando como está começando ajudar com a verba da Integração Nacional, a cidade de Balsas vai continuar trabalhando. Não adianta. Enquanto são um poder, só uma esfera administrativa trabalhar Balsas não ia mudar, por isso que a diferença chegou. A prefeitura está fazendo a sua parte e vai continuar. O governo do estado está fazendo a sua parte e vai continuar e o governo federal também vai continuar através do Ministério da Integração Nacional”. Concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA