A 15ª edição do prêmio Palmatória de Ouro foi realizada nesta última sexta-feira, 26/10/2018, no Evento Cajueiro, quando os 80 candidatos tiveram sua noite de glória e além de receberem o maior prêmio pelos seus compromissos com a sociedade, analisados pela população, através de pesquisa, puderam também presenciar nova mudança na característica inicial do projeto, como a entrega do prêmio também a professores, profissionais liberais e de áreas diferenciadas, como dentistas, psicólogos entre outros.

Outra visível mudança na apresentação do Palmatória de Ouro foi a sincronização da orquestra de Beethoven Melo. Ao estilo do Programa do Jô e bem treinada, a banda acompanhou toda a apresentação sem dar gafe nas paradas obrigatórias, ao contrário do som, alugado, que falhou durante quase todo o espetáculo. O cantor Magno Ribeiro acompanhou o deguste, enquanto se aguardava o início das apresentações. depois foi a vez do saxofonista Fernando Brayan, que desempenhou muito bem um John Lennon (Imagine), arrancando palmas do público.

O prêmio Palmatória de Ouro é organizado e dirigido pelo apresentador de TV, Nonato Nogueira, também diretor da novela “Terra Nova” e conta com uma equipe permanente desde o início, em 2003. Nonato recebe apoio, além do empresariado local, da jornalista, atriz e escritora Alessandra Machado, que durante o evento divulgou sua última obra, o livro de sua autoria “Rio das Balsas e das Paixões”. Alessandra também usou o espaço fora do palco, no tapete, para declamar parte do poema dedicado ao Rio Balsas.

Na edição deste ano, Francisco de Assis, jornalista e apresentador do programa ‘Perfil Classe A’, na TV Cerrado, canal 21, usou o púlpito ao lado da atriz da novela “Terra Nova”, Suzana Tieme Moribayashi, para convidar os promovidos ao palco para receber o tão cobiçado prêmio de melhores do ano.

O prefeito de Balsas, dr. Érik Augusto Silva, teve o reconhecimento do público, como o melhor prefeito de todos os tempos, da região sul do Maranhão e de Balsas, pois “apenas em 02 anos de governo fez o que nenhum outro fez nas suas gestões completas, dignificando o lema de sua campanha ‘A cidade que queremos’.“. Ressaltou o apresentador.

Ininterruptamente, dona Mazé, do grupo Mazzule, que todos os anos é agraciada pelo desempenho de seus empreendimentos e pelo esforço de seu quadro de funcionários, no melhor atendimento ao público, dedicou o prêmio ao seu falecido esposo, Henrique ao filho e aos funcionários.

Também, quem não poderia ficar fora desta edição  era o grupo Mateus, e como sempre o prêmio é recebido pela sua gerente de marketing, Fabrícia, que falou em nome de Ilson Mateus e dos demais componentes do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA