Lucas Daniel é diretor do Departamento Municipal de Trânsito (DMT) de Balsas

A prefeitura de Balsas participou como convidada do I Seminário dos Gestores Públicos Municipais do Maranhão, realizado em Imperatriz, nesta terça-feira, 10/09. O evento foi realizado pela Escola Superior do Ministério Público, em parceria com a Fundação Sousândrade e a Universidade Estadual do Maranhão do Sul (Uemasul). O diretor do Departamento Municipal de Trânsito (DMT) de Balsas Lucas Daniel ministrou oficina sobre Fiscalização e Gestão de Contratos.

O prefeito de Balsas Dr Erik Silva agradeceu ao convite, destacando a oportunidade de sua gestão contribuir com o Ministério Público e com os demais gestores maranhenses. “Agradeço ao Ministério Público pelo convite para participar de um seminário tão importante para o controle das gestões públicas”, disse o prefeito. “Acrescento que é realmente muito satisfatório e gratificante ver que nossa gestão pode contribuir com o assunto, mostrando a seriedade e firmeza que estamos lidando na fiscalização e controle dos contratos públicos em Balsas”, finalizou.

A oficina foi ministrada pelo diretor do DMT de Balsas Lucas Daniel, engenheiro civil, que foi secretário-adjunto de Infraestrutura de Balsas, onde foi responsável pelo gerenciamento, fiscalização e controle dos contratos da pasta.

De acordo com Lucas Daniel, é papel de todos os gestores públicos o controle rigoroso dos contratos, sob pena de que a sociedade seja penalizada com obras e serviços sem qualidade, gerando prejuízo ao bem público. “Quando Dr Erik assumiu a prefeitura não havia sequer profissionais para fazer o acompanhamento dos contratos da secretaria de Infraestrutura. Hoje contamos com dezoito técnicos na secretaria, entre engenheiros, arquitetos etc”, explicou.

Ele disse também que os recursos públicos são escassos mas que, também por isso, os gestores tem que buscar maneiras que fortaleçam a fiscalização dos contratos. “Mesmo com a crise econômica que nosso país atravessa o prefeito Dr Erik não abre mão de manter uma equipe capacitada e qualificada para fazer o acompanhamento dos contratos, mostrando a importância do bom uso do dinheiro público, economia de recursos e obras e serviços de qualidade”, concluiu.

 

DEIXE UMA RESPOSTA