Este ano, mais de 200 profissionais de diversas áreas, não só de Recursos Humanos, participaram do VI RHSULMA, evento com rico cronograma, organizado pela AMAPA – Associação Maranhense dos Produtores de Algodão, coordenada por Wellington Nascimento Silva, auxiliado por uma equipe de mais de dez profissionais e apoiada pela sua mantenedora IBA – Instituto Brasileiro do Algodão. Este ano também, o VI Encontro de RH abrangeu o setor tecnológico e digital, onde 04 temas, como Principais Demandas e Tendências do Setor, conduzido pelo palestrante Álvaro Dilli, de Porto Alegre/RS, (Diretor de RH e Sustentabilidade na SLCAgricola S/A e Land Co S/A); os facilitadores ludovicenses Genaisse Palavra, que apresentou RH 4.0 (Consultora Educare/Talentos) e Pádua Weber, que falou de Alta Performance – liderança com foco em resultados (Instituto Treinar); Marcelo Medina, professor universitário de São Paulo/SP, desenvolveu o tema Inovação e o Mundo Laboral (Instituto Treinar); encerrou com o palestrante Coach Nilson Jr. ensaiando manejos para sair da caixa rotineira e das mazelas, Pense Fora da Caixa (Educare/Talentos).

Soluções de softwares, novas plataformas e diversas outras inovações melhoram processos, produtos e mudam os métodos como os profissionais que atuam em suas áreas, inclusive nas atividades dentro de Recursos Humanos. Nesse novo cenário surge o RH 4.0 que tem mudado a forma que essa área atua na empresa.

Genaisse Palavra afirmou que o RH 4.0 é trabalhar a gestão das pessoas inserindo as tecnologias. É trabalhar com sistemas onde ele vai otimizar as atividades dos analistas de RH do Departamento Pessoal. Para ela, o RH 4.0 veio para facilitar todos esses processos, fazer com que algumas atividades que se fizeram rotineiras, trabalhar com planilhas. Hoje, a gente pode alimentar tudo isso no sistema e vai fazer com que o RH tenha um olhar mais estratégico para tomada de decisão do que a empresa precisa. Não é tão somente fazer uma atividade burocrática, é fazer uma atividade onde vai gerar resultados em toda a empresa. “O grande desafio é fazer com que as pessoas entendam que a tecnologia não é um vilão”. Disse Palavra.

O Diretor de RH e Sustentabilidade da SLCAgricola, palestrante Álvaro Dilli, apontou as principais demandas e tendências do setor e como os profissionais dessa área devem lidar com o mundo moderna, cada vez mais salutar, e em constante transformação na vida das pessoas.

Ainda assim, Álvaro refletiu sobre alternativas e comparou épocas difíceis que foram superadas, na economia e trabalho.

Entre os participantes, Alex Costa C. de Oliveira, que é funcionário da RR Contabilidade e participa pela 4ª vez consecutiva do RHSULMA, “a gente vem buscando constantemente as atualizações, então este evento proporciona tudo isso, atualização como também aquele momento motivacional que é aquilo que precisamos para estar repassando para nossa equipe de trabalho”. Alex afirma que a empresa que trabalha “está sempre buscando inovações na atualização de processos, mas o que foi aprendido  no VI RHSULMA deverá aplicar dentro da mesma, no seu dia a dia”.

Denise Araújo dos Santos, Auxiliar Fiscal da Nordeste Contabilidade, disse que apesar de ser a primeira vez que participa do RHSULMA “imaginava que era só para  profissionais de Departamento Pessoal ou setor de RH, mas eu verifiquei que não está muito específico, porque havia pessoas de várias áreas também, né, então foi muito bom, bem gratificante e engrandecedor”.

Clésia Ribeiro de Sousa e Silva e Adriana Martins são Auxiliares de Administração da Ribeirão SA, Baixa Grande do Ribeiro/PI, pela primeira vez no evento disseram que “foi muito bom! Deu para a gente abrir a nossa mente para novas coisas, para melhor desempenhar a função do RH. Muito bom, porque a gente mexe com pessoas. E para mexer com pessoas a gente precisa entendê-las”. Para elas, “os palestrantes desenvolveram muito bem os temas. Em primeiro lugar o aprendizado e segundo lugar uma equipe, porque quando a gente trabalha em equipe a gente aprende mais. É uma dinâmica muito profissional. Além de novas amizades e conhecer pessoas novas que transmitem novas experiências”.

Ruth Gomes Negreiros é funcionária no Departamento Público da Camelo Contabilidade, Baixa Grande/PI, disse que “valeu bastante o investimento neste evento, porque aprendi muito o relacionamento com pessoas, além da própria função que desempenho”.

Romildo Chaves dos Santos, Assistente Administrativa da Insolo, disse que aprendeu muito na área “principalmente em inovações tecnológicas e na área emocional”. Para Romildo, “acabou o medo de perder o emprego já que o RHSULMA ensinou que se a gente se capacitar e aprofundar nossos estudos nas novos tecnologias, acaba este anseio, já que elas estão aí para serem nossas aliadas e não nossas substitutas”.

Marcelo Medina, que palestrou com o tema Inovação e o Mundo Laboral, comentou que ficou surpreso com o tamanho do evento e agradeceu pelo convite.

Para Marcelo Medina, é necessário que as empresas estejam proativas com as tendências.

O palestrante Pádua Weber, que há 03 anos participou do RHSULMA, admirou-se pela expansão do evento. Para ele, é interessante o quanto a adesão de novos profissionais cada vez mais, o que acredita na contribuição para que a região ganhe um evento de ponta, de referência e que façam a diferença para adquirir resultados. Alta Performance trás foco na auto responsabilidade, o que significa para ele que “desenvolvem características empreendedoras”.

O Coach e palestrante motivacional Nilson José de Araújo Gomes, que desenvolveu a dinâmica “Pense Fora da Caixa” e finalizou o evento, comentou sobre o engrandecimento do RHSULMA e deixou mensagem para os novos empreendedores.

Ao encerramento do VI RHSULMA, o Coordenador da AMAPA, sr. Wellington Nascimento contabilizou o evento como “grandioso, com ótimas dinâmicas, com temáticas inovadoras, muito conhecimento compartilhado, com profissionais muito experientes. A gente volta para casa satisfeito, com sentimento de dever cumprido, principalmente por estar contribuindo com o desenvolvimento dos profissionais de RH da região”.

Wellington também comenta as dificuldades para a realização do evento, em relação ao lado financeiro. Mas o projeto tem cada vez mais crescido, mesmo sendo sem fins lucrativos.

A diversificação de profissionais de vários setores, que procuram se inscrever no RHSULMA, tem crescido bastante para melhorar a qualificação.

Com sentimento de gratidão, o coordenador do projeto RHSULMA, Wellington Nascimento Silva, agradece a cada participante e diz que o mesmo é também de “dever cumprido, de conhecimento agregado, principalmente a satisfação do seu investimento financeiro e tempo, que isso realmente possa ser revertido em resultados para cada participante”.

DEIXE UMA RESPOSTA