Reprodução

A educação empreendedora se tornou um dos assuntos que o Sebrae vem discutindo intensamente com a sociedade maranhense, como uma alternativa para criar condições de desenvolvimento do estado. E como forma de intensificar este debate, a instituição realizará o III
Fórum de Educação Empreendedora, na próxima terça-feira, 11, no
Auditório Armando Gaspar, localizado no bairro do Jaracaty, onde funciona a sede do Sebrae em São Luís. Na mesma ocasião, a instituição entregará premiação aos vencedores da etapa estadual do
1º Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora.

A iniciativa é uma solução educacional, voltada para a formação
continuada de professores e profissionais da educação. “Debater
educação empreendedora no contexto atual se tornou importante por se mostrar uma alternativa para as gerações que estão sendo formadas agora nas escolas e universidades, tanto na rede pública quanto na privada. Este ano vamos apresentar aos professores formas de atuação através de palestra e diálogo”, afirmou a gerente da unidade de Educação empreendedora do Sebrae, Raíssa Amaral.

Desde 2014 o Sebrae no Maranhão desenvolve diferentes metodologias do Programa Nacional de Educação Empreendedora, focadas nos diversos níveis da educação, do ensino fundamental ao ensino superior. Desde então, foram atendidos mais 60 mil crianças e jovens de 60 municípios maranhenses inscritos em escolas e universidades das redes pública e privada.

Na programação do III Fórum de Educação Empreendedora está a
palestra do escritor e professor José Dornelas, apontado como um dos maiores especialistas brasileiros em empreendedorismo e plano de negócios. Ele assina pelo menos 14 títulos os dois temas. No Fórum, ele proferirá a palestra “Educação Empreendedora: uma experiência que vale” e em seguida participará de um talk show.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na loja virtual do
Sebrae (https://loja.ma.sebrae.com.br/loja/evento/1830529).

Na mesma ocasião, o Sebrae entregará o Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora (PSEE), etapa estadual, que está em sua 1ª edição. A premiação será entregue para professores inscritos nas quatro categorias da iniciativa: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação Profissional e Educação Superior.

“Vamos reconhecer as boas práticas realizadas no âmbito da educação empreendedora, porque entendemos que o prêmio registra e incentiva outros profissionais da educação a adotar práticas que nos ajudarão a difundir a educação empreendedora”, explicou Raíssa
Amaral.

Balsas

Em Balsas, os professores Ricardo Ciappina, Jairo Ribeiro Sousa, Rogério Amaral Dourado e Tayro Augusto Gonçalves do Dom Bosco Kids estão concorrendo ao Prêmio.

DEIXE UMA RESPOSTA