Equipe de Biodiversidade e Áreas Protegidas da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) realizaram a 5ª Expedição à Área de Proteção Ambiental das Nascentes do Rio das Balsas, de 17 a 26 de junho. Uma ação conjunta formada por técnicos de áreas multidisciplinares, com apoio do Batalhão de Bombeiros Ambiental do Maranhão (BBA) e Batalhão de Polícia Ambiental (BPA).

O objetivo principal foi a busca por dados e informações referentes a geologia, geomorfologia, clima, avifauna e flora pertinentes à área para criação da nova Unidade de Conservação de Proteção Integral dentro da APA.

As principais atividades realizadas foram a revisitação dos principais pontos estratégicos de observação do estado de conservação da APA, como os povoados São Pedro, Guido, Medonho e Limpeza, além disso, houve a coleta de algumas amostras de rochas para análise e identificação do material coletado de forma mais aprofundada para conhecer as principais formações de solo.

A equipe realizou um levantamento breve com a comunidade em relação aos fatores climáticos da região mais afetados pelas mudanças nos estágios de preservação da APA e o mapeamento de alguns pontos ainda não visitados.

No que tange ao florestal, foram feitos levantamentos da composição da vegetação nativa da Área com o uso de metodologia baseada em parcelas distribuídas em alguns pontos da APA, de forma a conseguir fundamentação para a criação da nova unidade de conservação.

A fauna também foi observada pela equipe em campanas matinais e vespertinas durante toda a expedição de forma a reconhecer às espécies que compõe o Cerrado da APA, através da observação de aves e registro de rastros e vestígios de repteis e mamíferos principalmente as ameaçadas de extinção, como as Araras Azuis (Anodorhynchus hyacinthinus).

 

 

Por: Paula Lima

DEIXE UMA RESPOSTA