Um travesti de nome Adão, mas conhecido por Luana, foi assassinado com 4 tiros no sábado (11) na cidade de Balsas. Luana estava no bairro São Luís, quando foi abordado por dois homens armados que foram logo disparando contra ele que ainda conseguiu fugir e se abrigar em um residência.

Porém os criminosos invadiram a casa e dentro do quarto alvejaram Luana com um tiro na cabeça, um nas costas e outros dois no braço. Luana ainda foi socorrido pela ambulância do SAMU, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. Os criminosos fugiram em um carro.

De acordo com o comandante Juarez Medeiros, Adão (Luna) “era um elemento bastante perigoso, inclusive para própria família. Aquela pessoa que batia no pai, na cara dele”. Além de ameaçar a família Adão ainda praticava dezenas de assalto, “tanto que, quando eu perguntei para um familiar dele o que é que ele fazia, disse-me que ele roubava. A vida dele era roubar e traficar”.

Para o comandante, Adão pode ter sido vingado pela morte de um senhor que ele matou a pauladas tempos atrás e um outro dia ele pegou uma outra pessoa a machadadas. “A gente acredita que possa ter sido um acerto de contas ou que ele estivesse envolvido com um traficante que recentemente foi preso com 1 Kg de cocaína. Também poderia ter sido um acerto de contas do tráfico”. Concluiu o comandante do 4º Batalhão da PM.

DEIXE UMA RESPOSTA