Milhares de fiéis católicos que acordaram mais cedo na manhã desta Sexta-feira da Paixão, 14/04, tinham um propósito: acompanhar a Via Sacra que escorreu em orações e passagens bíblicas da Via Sacra, pelas principais avenidas da cidade de Balsas/MA.

Carros de som seguiam a multidão e espalhavam as leituras da beatas Delzuita e Marlene Garcês, enquanto outra quantidade de católicos acompanhavam também, ao vivo, pelas rádios locais.

Um dos principais momentos dessa Via Sacra foi na porta da penitenciária. Pe. José Alberto e os Homens do Terço, que carregavam uma pesada cruz, rezaram pelos detentos, para que a libertação deles seja para dar-lhes boa conduta na sociedade e na família.

O momento mais esperado foi a chegada no marco da final da Via Sacra, no ponto mais alto da cidade, no bairro da Trezidela. Ali, o bispo Dom Enemésio Lazzaris falou da Companha da Fraternidade, pedindo a compreensão da população para olharem mais pela natureza, já que a campanha pede clamor pelos biomas do Brasil: Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga, Pampas, Amazônia e Pantanal.

No centro das orações, uma enorme cruz de ferro, implantada há anos, onde os fiéis podem agradecer suas graças recebidas ou fazerem seus pedidos, idosos, jovens e crianças se ajoelham para acender algumas velas.

Mesmo com uma grande quantidade de fiéis, percebeu-se um número menor que os anos anteriores, além disso, muitos dos que alcançaram o morro da Trezidela, aos poucos foram deixando o local mesmo antes de iniciar as orações do bispo.

DEIXE UMA RESPOSTA