1ª Mostra de Dança Bailalindas está entre a programação de estímulo à educação e cultura do deputado Márcio Honaiser

    0
    88

    Conhecido como Dia Mundial da Dança, a data de hoje, 29 de abril é destinada a homenagear uma das manifestações artísticas mais animadas e antigas que existem: a dança!

    Também para homenagear este dia, Márcio Honaiser, que em toda sua trajetória política abraçou esta bandeira (cultura) e agora, como deputado estadual, o apoio a iniciativas nesse setor tem se mostrado uma de suas marcas registradas.

    Em Balsas, o deputado é um dos apoiadores de dois espetáculos que acontecem em Balsas. Neste final de semana que passou, sábado, 27/04, aconteceu o Baterasso, da Escola de Música Harmônica, com oficina de bateria, com apresentação gratuita no Espaço Viva Balsas.

    Já a 1ª Mostra de Dança Bailalindas é uma realização do Espaço de Dança Aiza Raianny vai contemplar apresentações de balé clássico e contemporâneo, hip hop, dança ministerial e jazz, no dia 4 de maio, a partir das 17h00, no Parque Centenário.

    “Balsas tem um enorme potencial na cultura, seja por sua rica história como pela vasta produção no setor, por isso buscamos incentivar iniciativas que ajudem a difundir a música, a dança, as festas populares e toda forma de manifestação cultural”, disse o deputado Márcio Honaiser, que também é secretário estadual de Desenvolvimento Social.

    A dança tem o poder de captar e transmitir traços particulares de diferentes culturas através dos tempos. Existem diversos estilos de dança diferentes, cada um com a sua própria personalidade. O Dia da Dança busca a valorização dessas identidades distintas.

    Origem do Dia Internacional da Dança

    Dia da Dança foi criado em 1982 pelo Comitê Internacional da Dança (CID) da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

    O 29 de abril foi escolhido como Dia Internacional da Dança em homenagem a data de nascimento de Jean-Georges Noverre (1727-1810), um mestre do balé francês.

     

     

    Com informações Folha do Cerrado e Izabel Almeida

    DEIXE UMA RESPOSTA