Em incentivo ao empreendedorismo feminino Sebrae e CDL homenageiam mulheres em Balsas

    0
    101
    Representantes do Sebrae e CDL durante noite de homenagem às mulheres de Balsas.

    Como instituição que reconhece e incentiva o crescimento do empreendedorismo feminino, o Sebrae Maranhão tem atuado junto a este público e apoiado instituições parceiras na realização de ações com este enfoque. A exemplo disso, e para celebrar o Dia Internacional das Mulheres, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Balsas, em parceria com o Sebrae, realizaram no último dia 15, no Sakura Eventos, uma grande noite de homenagens, que também contou com a palestra “Não sou mulher maravilha, mas sou maravilhosa”, ministrada pela Coach Executiva, Nubiana Oliveira.
    Cerca de 300 mulheres foram incentivadas a continuar lutando por seu espaço no mercado e a construir o mundo de acordo com o que querem viver. Uma ação similar foi realizada com estudantes e servidoras do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), campus São Raimundo das Mangabeiras, no último dia 11.

    “Não sou mulher maravilha, mas sou maravilhosa” foi o tema da palestra que reuniu cerca de 300 empreendedoras no Sakura Eventos, no último dia 15.

    De acordo com pesquisa divulgada recentemente pelo Sebrae, as mulheres assumem um percentual de 34,4% do total de empreendedores na população adulta brasileira (entre 18 e 64 anos) em 2018. O Brasil tem a 7ª maior proporção de mulheres entre os “Empreendedores Iniciais”. A mulheres donas de negócio (formais e informais) são mais jovens do que os homens. Elas também têm maior escolaridade (16% maior), mas ganham – em média – 22% a menos que os homens na mesma posição. A pesquisa também apontou que 25 % das mulheres donas de negócio trabalham em casa.

    Sobre o registro de Micro Empreendedores Individuais, quase metade dos MEI existentes no país são mulheres (48%), no caso específico das mulheres que são MEI, a proporção sobe para 55% as mulheres que trabalham em domicilio.

    Estudantes e colaboradoras do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), campus de São Raimundo das Mangabeiras receberam palestra sobre empreendedorismo feminino.

    Em Balsas, no sul do estado, 958 mulheres são formalizadas como MEI e 1.033 são do sexo masculino, de acordo com o Portal do Empreendedor. As empreendedoras da cidade de Balsas atuam fortemente no comércio varejista de vestuário, acessórios e cabeleireiras, somando mais de 300 registros formalizados nesses segmentos.

    O gerente regional do Sebrae em Balsas, André Veras, participou das duas programações em que a instituição esteve como parceira, considerando o incentivo que o Sebrae tem dado para o crescimento do empreendedorismo feminino. Na ocasião, destacou os dados da pesquisa e a contribuição das mulheres nos negócios no Brasil.
    “O Sebrae é o grande parceiro dos pequenos negócios em todo país e em Balsas não seria diferente. Aqui incentivamos os pequenos empreendedores nos diversos segmentos de mercado e por acreditar na força do trabalho feminino e testemunhar a contribuição da mulher na sociedade balsense, apoiamos essa ação da CDL, que é um parceiro incansável dos empresários na cidade e região”, ressaltou Veras.

    O evento reuniu empreendedoras que se destacaram no mercado local, principalmente no comércio e no segmento do agronegócio no município.

    O Sebrae, em parceria com a CDL, tem contribuído significativamente com o desenvolvimento dos negócios na cidade e agora já alinham atuar especialmente com o segmento feminino, realizando consultorias, orientações e capacitações para as mulheres balsenses.

    Márcia Garcia, diretora executiva da CDL, destacou a importância de ter o Sebrae como um parceiro constante nas ações empreendedoras da instituição na cidade de Balsas. “Agradeço muito a contribuição do Sebrae nas nossas ações, principalmente nessa ocasião, onde nossas empreendedoras, bem como suas colaboradoras aguardam esse momento com afinco. É de fato, um momento para refletir nossa atuação enquanto mulher empreendedora, empresária, mãe, filha e esposa. Mas para além disso, é o momento de comemorar por sermos precursores do desenvolvimento da nossa cidade e sabemos que com o apoio do Sebrae vamos conseguir desenvolver com mais excelência nosso trabalho” ressaltou Garcia.

    PROJETO EMPREENDEDORISMO FEMININO

    Mulheres que se destacaram no cenário local atuando na sua carreira profissional, empreendendo ou assumindo cargos executivos, recebem placas de homenagem por sua atuação.

    Segundo a diretora de Administração e Finanças do Sebrae no Maranhão, Rachel Jordão, única mulher na diretoria executiva da instituição, o Maranhão é um dos 10 estados que estão recebendo recursos do Sebrae Nacional para desenvolver este projeto pioneiro de empreendedorismo feminino, lançado no Maranhão em novembro de 2018.

    “Aqui no Nordeste, apenas o Maranhão e a Bahia estão incluídos nesta iniciativa. Conseguimos essa vitória, ao mostrarmos que há quase 300 mil mulheres donas de negócios no estado e que um a cada três empresários maranhenses são do sexo feminino. Aqui estão cerca de 4% de todas as mulheres empreendedoras do país. As mulheres estão assumindo cada vez mais o papel de protagonista no mercado empresarial local. A prova disso é que, segundo a pesquisa GEM, quase a metade dos MEI existentes no país são mulheres (48%)”, afirma a diretora Rachel Jordão.

     

    Por Ângela Barros

    DEIXE UMA RESPOSTA